segunda-feira, 13 de maio de 2013

[tradução] Tell All - photobook




Depois que o Countdown Live acabou, ela imediatamente viajou para fora do país. Isso vem sendo a tradição da Ayu por muitos anos, mas dessa vez, ela mudou seu estilo e deu as boas vindas ao ano de 2013 sem planos concretos.

Quando ela estava reunindo material para seu álbum "LOVE again" no fim do ano passado, Ayu tomou uma grande decisão como Hamasaki Ayumi. 

Como os fãs aceitarão isso?

Com esse pensamento em mente, ela foi ao Yoyogi para o 1º dos 3 dias da performance de fim de ano, algo novo que ela nunca tinha feito antes. Mesmo que o show tenha me deixado a ponto de chorar várias vezes por dia, o que realmente tocou meu coração foi a abertura. Em razão da natureza de seu trabalho, ela tem o hábito de passar os olhos por todo o público durante as aberturas dos shows. Contudo, o público sentiu que tinha algo diferente naquele dia. Normalmente, o forte laço entre ayu e seus fãs se sobressai e ela sorriria e olharia para todos com alegria, mas seu rosto se virou de todos, causando um calor surpreendente.

Yoyogi, tomado por um oceano rosa, parecia gritar 'está tudo bem', 'nós estamos aqui com você', através de grandes ondas, enquanto esperavam ansiosamente por Ayu.

"Isso é insuportável"
Incapaz de encontrar palavras para descrever a situação inesperada, ela mal conseguiu escrever essas palavras.

O que estava passando pela cabeça de Ayu naquele dia?

Eu acho que encontrei a resposta durante esse tempo de gravação em LA.


"Eu vou me tornar a razão pela qual você respira."


"Eu quero criar um photobook como aquele que fizemos para "(miss)understood."
Essa oferta veio em algum dia do fim de fevereiro. Ayu tirou fevereiro para continuar suas férias. Com isso, ela veio pra LA para gravar sua nova música. Quando ela decide fazer alguma coisa, ela vai até o fim, não importa o quão apertada esteja sua agenda. Esse é o difícil, habitual estilo "Hamasaki Ayumi". Assim, consequentemente, ela reuniu sua equipe. Todos ficaram surpresos com a decisão inesperada, mas sentindo que Ayu tinha encontrado inspiração, fomos para LA animados.


10:00AM
"Nós ficamos aqui o tempo todo ultimamente."
Ayu disse isso durante uma sessão de maquiagem em sua suite no hotel Mondrian, em Los Angeles. Apesar do fuso horário, TeamAyu estava animado e pronto logo cedo ♪


"Mesmo enquanto eu escrevo, as coisas que quero dizer mudam devagar."
A letra para a nova música ainda estava incompleta, mesmo que a gravação estivesse marcada para o dia seguinte. Talvez tenha sido por isso que ela se escondeu atrás de um escudo que ninguém podia penetrar, como se estivesse remoendo alguma coisa em sua cabeça. Então, com o som da risada de alguém, ela de repente voltava a si mesma... Essa foi a Ayu durante todo o dia. Eu me lembro que Ayu falou uma vez: "Eu não quero letras que esqueceria se fosse dormir." Essa sessão de gravação foi decidida por um capricho, como "Mirrorcle World" foi decidio durante seu 10º aniversário. Sem seguir nenhum plano, só querendo cantar. Para alcançar seu coração, Ayu estava discretamente respondendo à este desejo.


Um encontro inesperado com um cachorro passeando e Ayu já foi brincar.
"Enquanto eu olhava ao redor, eu notei que as flores que floresciam na calçada eram tão bonitas. Eu queria experimentar mais desse sentimento."
Ela disse isso uma vez, há muitos anos, embora eu acredite que esse seu desejo só foi realizado verdadeiramente em dias recentes. Esse não era um sorriso para impressionar a todos, mas sim seus verdadeiros sentimentos. Mesmo de maquiagem ela parecia tão inocente e extremamente fofa. ♪


"Para cozinhar um delicioso shabu-shabu, você precisa segurar a carne de forma completamente imóvel."
Para investigar a validade desse conselho, nós visitamos um restaurante chamado "Kagaya". Janta depois do trabalho com todo mundo sempre foi uma coisa animada. A cena era parecida com algumas tomadas tiradas no Hawaii, para o photobook de "(miss)understood", e mesmo que as pessoas tivessem mudado por dentro, os sorrisos e alegria eram os mesmo. Os membros do TeamAyu evoluem junto com o tempo...E enquanto isso é um pouco triste, é claro, não é algo pesaroso. Todos tem seu próprio espaço para crescer e se apresentar. E assim, novos talentos tem sua chance de trabalhar ao lado de Ayu. Isso com certeza é outra faceta dos 15 anos de carreira de Hamasaki Ayumi. Na verdade, estar em sua presença proporciona um enorme engrandecimento pessoal. "Nós nos superamos todos os dias." Pessoas que com certeza concordarão com isso são os cabelereiros e maquiadores Suke-san e Gori. Um dia, eles passarão o bastão para outros escolhidos. E ai, eles alcançarão o status de graduados pelo TeamAyu, se encontrando noite atrás de noite, flores que recordarão passados que floresceram... e sentados no meio dessas, uma pequena Ayu sorridente. Sim, a jornada continua.


Quem nunca desistiu de mim?
Eu nunca esquecerei.


A prova da sua vida.
A razão da minha existência.
O lugar que eu pertenço é aqui, no lugar que você me deu.
Aqui, eu encontrei o lugar a qual pertenço...


"Se eu quisesse viver sozinha, eu não teria escolhido essa vida. Essa foi a conclusão que eu cheguei."


"Não é tão fácil para alguém realmente fazer a diferença."


O clima estava estranhamente calmo enquanto esperávamos para a gravação, enquanto ela traduzia com Timmy a letra de "Tell All" para inglês. Com o sinal para começar, ela começou a se aquecer no salão. Seu vocal, inicialmente leve, ganhou força. A voz da Ayu é sempre assim forte? Até tirou meu ar. Mesmo sua expressão parecia diferente da pessoa que estava brincando há poucos minutos atrás. No silêncio absoluto, ela fechou a porta. Então, esperamos por Ayu, junto com o fotógrafo Ryan, que estava tirando as fotos dentro da cabine.

Se alguém perguntasse no futuro para Ayu sobre esse dia de gravação, ela provavelmente responderia que "relativamente fluiu de forma suave." Realmente, a sessão não levou muito tempo. Contudo, agora eu percebo que interpretar as palavras "relativamente fluiu de forma suave" de forma literal seria um erro.

Era um solo sagrado que ninguém conseguiria entrar com facilidade. O lugar em que Hamasaki Ayumi colocou vida em suas letras com toda sua alma. Cantar sem cometer nenhum erro, cantar porque ela queria cantar. Não é sobre isso. Mais do que qualquer coisa, ela não conseguiria cantar dessa forma se não sentisse isso com seu coração. A primeira vez que ouvi os vocais naturais de Hamasaki Ayumi naquela cabine sem som, minhas pernas tremeram, arrepios percorreram minha pele e lágrimas surgiram sem meu conhecimento. "A verdade está sempre na música..." Eu finalmente entendi o significado dessa frase naquele dia.


Fundo em meu coração, no dia seguinte eu ainda estava afetado pelo dia anterior, da gravação. O que era esse sentimento? Quando seu perfil sincero e seus sentimentos verdadeiros me tocaram, fiquei tão comovido que não podia conter as lágrimas. Isso é o mais próximo para descrever meus sentimentos. Com sua seriedade e unidade, o coração dos ouvintes seriam abalados e seus sentimentos seriam entregues. Komeda-san, quem presidiu as gravações da Ayu nos últimos 8 anos, também concordou. "Essa é Hamasaki Ayumi em sua essência." A "resolução" que senti pela primeira vez quando vi a letra de "Tell All"...causou diversas coisas para perfurar meu coração. Apenas o que ela precisa fazer para ser Hamasaki Ayumi? O que ela fez que a deixou rotulada como traidora? Não importa o que ela faça, Ayu ainda é Ayu, então por que passamos por cima disso e pedimos para que ela não seja nada além de um ídolo? Nós realmente pedimos demais, quando tudo que queremos de verdade é que ela sorria...


Estamos tão longe, mas perto.
Estamos separados para que eu possa estar ao seu lado.
Eu posso te ver. Sempre.


Sozinha, fingindo ser forte, contraditória.
Tão boba. Tudo ficaria bem se você tivesse se permitido chorar.


A terceira fase do desespero é atingir o sucesso às custas de um sonho que você sempre teve. Eu pensei que esse dia nunca chegaria...

Isso foi criado no momento em que eu aceitei esse fato.


Você não está chorando?
Você não pode chorar?
Você não vai chorar?
Quando você decidiu parar de chorar?

Isso acabou quando aquilo começou?
Isso foi destruido quando foi construido?
Eu joguei isso fora quando tomei minha decisão.


Mesmo agora, a pessoa mais crítica de Hamasaki Ayumi é a própria Ayu.

"A pessoa que eu era durante "Secret" não existe mais. Se eu tivesse que cantar aquela música agora, eu sinto que diria "Está tudo bem" para a pessoa que eu era."

Fiquei aliviado com as palavras de Ayu. Nos anos que seguiram "Secret", ela se sentiu assim muitas vezes. Quando sentiu a destruição. Talvez. Talvez esse seja o motivo pelo qual ela não conseguia dar paz à pessoa que era em "Secret". Ela era estranha e complicada, mas muito fácil de se entender.


"Ayu está tão distante". Tinham momentos em que sentíamos isso. Ouvindo uma música, sentimos que de alguma forma a tínhamos entendido e, sem escutar a verdade, nós abandonamos a Ayu que congelou no tempo dentro da música. Então, era óbvio que nós sentíamos longe dela. Antes de tentar entender, nós pensamos "é assim que ela é" e nos afastamos. Eu sinto muito. As memórias daquele dia em que você chegou, magoada por todas as feridas, em pensamentos confusos. Eu me lembro de tudo daquele dia, quando você subiu no palco com nada além de força de vontade, mas eu tinha me esquecido. Eu não falaria mais do que o necessário. Nós tinhamos perdido a verdadeira Ayu de vista.


"Eu nunca desisto de algo que eu acredito." Ela é parecida comigo neste sentido.

Mas, além de apenas acreditar em alguma coisa, seu desejo ia além. "Eles acreditaram em mim." "Eles nunca desistiram de mim." É assim que esses 15 anos se passaram.

"Durante o Countdown Live, eu cantei a frase "quem nunca desistiu de mim?" em "Who...". Foi uma luta, mas eu tentei cantar. Engasgada em minhas lágrimas, minha voz simplesmente não saia, e no fim, eu não cantei essa frase em nenhum dos 3 dias."Who..." é uma música que escrevi quando era nova, mas eu ainda me sinto da mesma forma.Porque muitas pessoas não desistiram de mim, as pessoas continuaram acreditando em mim, eu posso er o que sou agora e vou continuar sendo no futuro."


"Não importa se eu sou eu mesma e não importa que cara boba eu mostre pro mundo, existem pessoas que nunca deixaram de acreditar em mim. Então, o que é felicidade pra mim? No fim, eu não me importo se minha vida é um grande sucesso ou um grande fracasso. O mais importante é que acreditem em mim, mais do que eu acreditar em mim mesma. Ter alguém que acredite em você e nunca desista de você. Para mim, esse é o significado da vida."


É sempre tão fácil chorar, mas eu quero sorrir...


Na verdade, quando eu vim para LA, eu queria procurar uma letra que simbolizasse a Ayu que eu vi tão longe, para colocar no final do photobook. Era só uma ideia vaga. Então, no vôo, enquanto eu ouvia uma música da Ayu no meu iPod, eu encontrei.

"É sempre tão fácil chorar, mas eu quero sorrir..."

Enquanto eu pensava em todas as minhas memórias passadas com Ayu, eu não pude evitar se não gritar: "É isso! Não tem frase melhor."
Ainda por cima era uma frase da sua música debut, "poker face", uma frase essencial e satisfatória que resumia Hamasaki Ayumi. Então eu escrevi isso em meu caderno.

"Eu quero criar um photobook como aquele que fizemos para "(miss)understood". Para relembrar, nós fizemos 2 photobooks como presentes limitados para a primeira edição do album "(miss)understood; 2 mini photobooks chamados "on my way" para mostrar a Ayu em sua vida pessoal, e "off my day", para mostrar Hamasaki Ayumi em seu trabalho. E eu tive a chance de escrever sobre Ayu da forma que eu quis.Já faz 7 anos... A Ayu que falava um inglês bem ruim, se tornou uma pessoa que pode conversar com a equipe estrangeira em inglês fluente, sem ajuda de um tradutor e essa é apenas uma das mudanças que ela sofreu. No entanto, enquanto eu olhava para esses 2 photobooks, as palavras que escrevi 7 anos atrás ainda são relevantes à pessoa que Ayu é hoje. De uma forma boa, mostra que seu eu verdadeiro venceu aos testes do tempo. Por muitos anos, eu juntei coisas que eu gostaria de dizer se tivesse a chance novamente, mas como passamos diversos dias em LA, eu me perguntei se podia descobrir algo novo sobre Ayu. Era uma vontade que eu tinha.

Contudo, foi um cálculo grosseiro. A coisa mais incrível foi o incidente na gravação de "Tell All". Por mais de 10 anos, eu estive escrevendo as palavras de Hamasaki Ayumi em revistas e eu poderia apenas colocar todas elas em um lugar só e estaria pronto. Mas o que era isso que eu queria saber sobre Ayu, para continuar escrevendo para ela até hoje...? Era um desejo que tomou conta de mim. Eu ainda não tinha contado sobre a verdade Hamasaki Ayumi. O que ela tinha visto todo esse tempo? Essa noite, eu não pude dormir quando voltei ao hotel, então eu reli a letra de "Tell All" inúmeras vezes. A última frase "eu vou me tornar a razão pela qual você vai respirar", junto com a voz de Ayu, se repetiu em minha cabeça inúmeras vezes. "Ah, é isso. Não há outra frase." Foi um sentimento mágico, como se a última peça do quebra cabeça tivesse se encaixado.

Na verdade, na noite antes da gravação, eu olhei as letras de todas as músicas dos últimos 15 albuns que eu trouxe do Japão, procurando uma frase apropriada para começar esse photobook, que descrevesse a Ayu de agora, enquanto ela dá as boas vindas ao seu aniversário de 15 anos. Porém, eu não tive sucesso. Isso era esperado. Hamasaki Ayumi cantou cada música como a pessoa que ela era naquele momento, então a única música que contém a Ayu de agora, é a mais atual. Incapaz de perceber isso, eu levei um tempo para refletir em meus pensamentos...

O que eu deveria escrever nesse photobook? A razão pela qual Ayu continua a cantar, o motivo por trás disso, ou que tipo de pessoa é Hamasaki Ayumi?... Durante minha estadia em LA, e mesmo quando eu voltei ao Japão, eu pensei sobre isso o tempo todo. No fim, sem conseguir encontrar uma resposta, eu comecei um rascunho. Olhando as fotos de Ayu e de Hamasaki Ayumi tiradas pelo Ryan e me lembrando o que eu mesmo vi em Ayu, eu esperei as palavras virem. Assim como Ayu, mesmo quando eu começo a escrever, eu pararia de escrever e jogaria fora todo o progresso. Eu queria escrever sobre Ayu da minha maneira, sobre como ela não podia cantar alguma coisa se ela não sentisse isso verdadeiramente em seu coração.

Eu ganhei mais uma coisa durante a gravação em LA dessa vez. O compositor, Sr. Hoshino, que está envolvido em inúmeras músicas, incluindo "A Song for XX", "MOON", agora assumiu o papel de diretor vocal da Ayu. Dele e do engenheiro Sr. Eiyama, eu escutei como Ayu era antes de sua estreia. Sr. Hoshino e Ayu se conheceram aproximadamente um ano antes de seu debut. Na preparação para sua estreia, ele trabalhou com ela para encontrar seu estilo musical e as direções que serviriam Hamasaki Ayumi.

"Naquele tempo, que tomou a maior parte do tempo que separamos para prepará-la para a estreia, eu senti que era uma tarefa dificil. Na verdade, ela trabalhou duro. Então, as letras escritas por ela para o debut. Você não imaginaria que uma menina de 18 anos escreveria aquilo (risos). Eu me lembro de me sentir em choque e imaginado "Que tipo de experiências de vida essa garota de 18 anos teve que enfrentar?" No fim, sua forte vontade prevaleceu, quando ela vinha e dizia "Eu quero dessa forma." Não foi uma estreia ditada por adultos para uma criança de 18 anos."

Até mesmo entra os fãs, a dupla Hoshino x Ayu era famosa por criar faixas de sucesso. No passado, Ayu comentou sobre esse material. "As músicas de Hoshino-san são fáceis de cantar, assim como todas as músicas que ele escreveu pra mim no passado e muitas vezes eu pedi para ele melodias que cabiam com certas letras." Sr Hoshino também concordou. "Era fácil entendê-la."

"Eu escrevi músicas para muitas pessoas, mas para a Ayu, sempre que escrevo uma música pra ela, posso ouvir sua voz cantando a melodia. Na verdade, mesmo quando ela ainda nem escreveu a letra eu já posso vê-la performando ao vivo e escutá-la cantando cada nuance da música. Então, quando ela grava, as letras que escreve correspondem exatamente à imagem que eu tinha na cabeça, como se fosse mágica. A primeira memória disso acontecendo foi com a inesquecível "A Song for XX". Ayu tinha dito "Eu não tenho um título ainda, mas eu vou tentar cantá-la", e no momento que ela começou, eu fui movido por uma força que me deixou imóvel. Eu estava segurando o choro e não queria que ninguém percebesse, então olhei para baixo e segurei, mas ainda assim o ex empresário da Ayu me flagrou (risos). Começou ai e continuou até "MOON" e essa nova canção agora. Em contraste, todas essas músicas em que eu não consegui ouvir a voz de Ayu, mas me forcei para criá-las, não foram escolhidas por ela (risos). "MOON" foi uma faixa em que realmente trabalhamos juntos depois de um longo hiatus de 10 anos, mas nesses 15 anos, gravando faixas todos os anos e fazendo shows por meses seguidos, eu acho que é realmente incrível que ela conseguiu manter sua voz. Geralmente, eu não me surpreenderia, se a voz dela tivesse se deteriorado durante os anos. É claro que ela tomou muitos cuidados com sua voz, isso mostra que ela é uma grande profissional. Pensando nisso agora, eu acho que eu sou o seu fã mais velho, desde sua estreia. Oh não, eu acho que Matsura ainda veio antes de mim (risos)."

Sr. Eiyama, que é o engenheiro de gravação da Ayu pelo 4º ano consecutivo, foi também um dos raros que tiveram contato com Ayu antes de sua estreia.

"Eu costumava ajudar na criação de demos antes de Hamasaki-san fazer sua estreia. O que realmente me impressionou foi como ela entrava na cabine de gravação, totalmente concentrada e pensando em tudo, criando seu próprio estilo. Eu me lembro de pensar como era dificil para um adolescente ter esse tipo de foco. Agora que ela evoluiu, seu foco está mais tranquilo e em um outro nível... Por isso, ela realmente se destacou do resto. Para nós que trabalhamos nessa profissão, geralmente pedimos coisas como "por favor, abaixe o tom aqui" e coisas do tipo, mas Hamasaki-san geralmente nos diz, com expressões mais emotivas, coisas como "deixe essa parte um pouco mais gentil" ou "faça essa parte ser super legal, mas com um sentimento de solidão." Em tempos como estes, eu gosto de criar sons que se encaixem na imagem que ela criou, tentando tranquilizar sua mente. Resumindo, ela é uma pessoa com um destino específico, que ela quer alcançar através de suas cores e sentidos, Então, as vezes, eu fico nervoso (em um bom sentido) quando eu penso se posso ajudá-la a fazer um novo projeto, enquanto tudo vai de acordo com o plano de Hamasaki-san. Em contraste, eu me sinto muito próximo dela após uma gravação. Essa diferença de emoções é muito interessante e ela é uma pessoa de vários encantos. O mesmo vai para sua música; mesmo que ela aceite novos desafios, sua verdadeira cor se sobressai muito forte. Eu sinto que esse encanto se conectou através destes 15 anos."

Ouvindo como esses veteranos da música falam sobre suas visões de Hamasaki Ayumi, eu sinto que mesmo que "Mirrorcle World" dos 10 anos e "Tell All" dos 15 anos sejam parecidas, também são diferentes de alguma forma... A dúvida inicial que eu tinha em minha mente. Como Ayu mudou nesses anos? A única pessoa que poderia responder isso é a própria Hamasaki Ayumi.

"Com "Mirrorcle World", eu pedi um arranjo mais forte, que causasse impacto. Eu fiz isso naquela época provavelmente para me proteger. "Não olhe para mais nada, só olhe para frente e corra, corra!" No final, eu só queria dizer isso à mim mesma... Quando voltamos de LA e estávamos mixando "Tell All", eu me lembrei disso. Então a diferença entre "Tell All" e "Mirrorcle World" é essa. Eu não preciso ser perfeita e nem me proteger mais. Eu não tenho medo de mais nada. No passado, eu criei uma parede de ferro com coisas como cabelo e maquiagem e me sentia segura atrás disso. Agora, sempre que eu me arrumo para estar perfeita, me sinto diferente e, de alguma forma, sozinha. Ser perfeita agora parece estar incompleta. Há esperança ali e também há desespero. É assim que eu sou. De qualquer forma, não importa como eu seja, é mais importante que todos estejam se divertindo. Não importa se eu estarei exausta e tiver que viajar um longo caminho, porque isso é importante pra mim. Essa coisa, que parece tão natural, é o que eu escolhi. Quando eu percebi isso, me tornei destemida."

Ser destemida... dizendo isso, as cortinas de seus 15 anos de carreira se abrem. Qual cenário ela vê de sua perspectiva? A frase "pessoas são espelhos" provavelmente resume tudo. Os sorrisos dos fãs estão provavelmente mais brilhantes e ela pode vê-los mais de perto agora.

"Olhe, um sorriso lhe cai tão bem"
"Vamos juntos até cansarmos"

ps. No começo da criação desse photobook eu não podia encontrar uma frase para começá-lo. Na manhã seguinte, eu inocentemente pedi ajuda à Ayu, que estava fazendo sua maquiagem. "Eu encontrei uma frase para finalizar seu photobook, mas não consigo encontrar uma para começá-lo." Sua resposta veio fácil "Hehehe, espero ansiosa por isso~~!" A expressão que ela fez quando disse isso está na foto da página 07, então voltem para dar uma olhada. Aquela realmente é a verdadeira Ayu. Parabéns pelo seu 15º aniversário ♥

Texto: Takako Tsuriya

Fonte: misa-chan jpop blog
Tradução e adaptação: Marina Aino